Acesso Dna dos Motores - Aparem Acesso ao Dna dos Motorres - Aparem

Dropdown Menu com CSS e MySql

Notícias
PRÓ-MOTOR é destaque no portal da CNT - Confederação Nacional do Transpo

PRÓ-MOTORO Programa de Incentivo à Retífica e Reparação de Motores Poluidores – PRÓ-MOTOR, idealizado pelas entidades APAREM e SINDIMOTOR, foi destaque no portal da CNT – Confederação Nacional do Transporte.

Na entrevista, o presidente das entidades, Zauri Candeo, destacou a necessidade de um programa voltado para a correção dos motores poluidores reprovados na Inspeção Veicular Ambiental.

Após receber o apoio da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – o programa tem despertado o interesse de outras entidades preocupadas com os altos índices de poluição dos grandes centros urbanos.

A APAREM e o SINDIMOTOR pleiteam junto ao Governo Federal a criação de uma linha especial de financiamento diretamente aos proprietários de veículos leves e pesados, para que seja executada a correta retífica e reparação dos motores poluidores, e os proprietários destes veículos possam ter a aprovação na Inspeção Veicular Ambiental e, assim, conseguir regularizar a situação do Licenciamento, junto aos órgãos de trânsito.

Veja abaixo a íntegra da matéria ou acesse: Agência CNT de Notícias

 

12/07/2013 | MEIO AMBIENTE

Programa incentiva redução do número de veículos poluentes em São Paulo

Pró-Motor cobra ação do governo e orienta motorista a realizar a retífica dos motores em oficinas especializadas.

 

 

Proprietários de veículos poluidores, e que não dispõem de condições financeiras para se adequar às normas do Programa de Inspeção Veicular Ambiental, podem contar com as orientações do Programa de Incentivo à Retífica e Reparação de Motores (Pró-Motor). A ação visa a redução da quantidade de veículos poluidores e motores em más condições de funcionamento, em circulação no estado de São Paulo.

O trabalho é uma iniciativa do Sindicato de Remanufaturamento, Recondicionamento e/ou Retífica de Motores e seus Agregados e Periféricos no Estado de São Paulo (Sindimotor) e da Associação Paulista de Retífica de Motores (Aparem). Pode ser a oportunidade de regularização para o motorista que circula sem o licenciamento anual ou com multas a pagar, seja pela falta de recursos financeiros ou pela ausência de oferta de serviços de reparação de qualidade.

O Pro-Motor se propõe a ajudar e orientar o proprietário de veículo com dificuldade financeira em fazer a retífica do motor [processo de reparação de pequenos danos causados pelo desgaste natural das peças, o que prolonga a sua vida útil]. “Nem sempre o motorista leva o veículo em um lugar especializado e faz apenas um mero conserto, que não resolve o problema. Ele pensa que será aprovado na inspeção, mas continua reprovado”, alerta o presidente do Sindimotor, Zauri Candeo.

Segundo o Sindicato, o principal requisito para que o veículo seja aprovado na Inspeção Veicular Ambiental é que o motor esteja em perfeito estado de funcionamento e não esteja poluindo em excesso. Para reverter o quadro, se o Pró-Motor já estivesse em vigor, o motorista poderia ir até ao seu banco e solicitar um financiamento específico para a retífica de motores. Em relação às multas, o Pró-motor possibilitaria condições facilitadas para a regularização do veículo.

Financiamento federal
De acordo com o Sindimotor, os números são preocupantes porque cerca de 20% a 30% da frota paulista não realiza inspeção veicular. Por este motivo, o sindicato reivindica, junto ao governo federal, desde 2009, a criação desta linha especial de financiamento para os proprietários dos veículos – leves ou pesados - com motores poluidores.

De acordo com Candeo, o programa deve ser voltado exclusivamente a este público, que receberá auxílio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Pode ser um Programa com as regras semelhantes ao do Procaminhoneiro, com um prazo de pagamento mais curto. É importante incentivar o motorista a colocar a situação do motor em ordem, refinanciar as multas e o atraso no licenciamento”, explica.

Saúde
O Pró-motor também se propõe a conscientizar os cidadãos sobre os malefícios causados à saúde, em virtude da poluição veicular. “Quem mais perde com esta situação são os cidadãos. A poluição aumenta porque os motores que não passam pelo processo de retífica consomem combustível em excesso. Precisamos desenvolver uma campanha de conscientização sobre o tema”, destaca Candeo.

Mais informações: site do
Sindimotor ou ligue para (11) 2632-1111

 

Rosalvo Streit

Agência CNT de Notícias